Femama Batalhadoras. Todo dia uma vitória contra o câncer de mama. Marlí Marcon

Batalhadoras

Fabiana Vicente

Meu nome é Fabiana, tenho 35 anos e gostaria de compartilhar a minha história com vocês.Aos 23 anos descobri que estava com câncer de mama. Foi um choque, pois era muito jovem, e ao mesmo tempo um alívio tomou conta de mim, pois eu tinha descoberto cedo e tinha chance de me curar.

Fui a vários médicos e eles me diziam que eu “não tinha idade pra ter câncer”, mas algo dentro de mim me dizia para não desistir. Consegui o diagnóstico em 29 de agosto de 2006 e comecei uma batalha contra essa doença, já sabendo q iria ser vencedora. Fiz quimioterapia, mastectomia radical com esvaziamento axilar, radioterapia e só depois de todo o tratamento eu fiz reconstrução mamária. Foi muito difícil,mas eu tenho uma filha - que na época tinha apenas três anos - que precisava de mim;

Vencia batalha e hoje sou uma mulher com 35 anos, tendo sido presenteada com uma gravidez de um lindo menino que está com três anos. Tudo o que passei foi uma lição de vida. Gostaria muito que as mulheres que estão passando por isso agora soubessem que a cura também depende de nós. Não podemos jamais nos entregar,temos que lutar para que a doença não seja a vencedora. Podemos ter uma qualidade de vida: muitas mulheres acham que não podem mais ter filhos e perde mas esperanças. Eu queria dizer a elas que isso é possível, basta acreditar! Que todas tenham uma boa saúde!


Compartilhe: